Uncategorized

Leo Bezerra destaca protagonismo dos jovens durante entrega de certificados de oficina de audiovisual

O vice-prefeito Leo Bezerra entregou, nesta quarta-feira (20), os certificados aos alunos que concluíram a oficina de audiovisual ‘Descobrindo Novos Horizontes através do Cinema’, promovida pela Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (Sedhuc). A solenidade aconteceu no Cine Banguê do Espaço Cultural.  

“Eu quero que vocês sigam essa carreira, fazer cinema, teatro. É por isso que eu estou aqui, como gestor, ao lado do prefeito Cícero Lucena. Não é uma simples entrega de certificados, é uma ação para mostrar que a Prefeitura de João Pessoa está ao lado de vocês, dando esse suporte, dando essa abertura”, disse o vice-prefeito Leo Bezerra.  

Ao todo, 15 jovens participaram da oficina, que teve como objetivo substituir a Prestação de Serviço à Comunidade (PSC) pelas aulas de cinema. É a arte com a função inclusiva, com a Prefeitura promovendo o papel socioeducador. Uma mudança de perspectivas, que ficaram bem expressas nas produções realizadas pelos alunos, com a orientação do diretor de cinema, Lúcio César Fernandes.  

A primeira delas, exibida na tela do Cine Banguê, foi ‘Hip-Hop, um estilo de vida’ – documentário que reúne depoimentos sobre as linguagens do movimento e sua relação com as periferias e papel social. Já a segunda produção, ‘Histórias de vidas – Jovens do Creas’, traz uma junção de relatos dos próprios jovens acolhidos nessas instituições.  

“A ideia do projeto surgiu de uma viagem a Los Angeles, que fiz enquanto presidente da Câmara Municipal de João Pessoa e fui impactado pelo poder transformador da arte. Então, quando Cícero me convidou para atuar na Sedhuc, vi ali o público que poderia dar vida ao projeto. E é sempre gratificante ver a garra que cada um desses jovens tem em buscar maior qualidade de vida e um futuro melhor. E além de tudo, poder participar, mesmo que de forma indireta, da transformação na vida deles”, compartilhou o secretário de Direitos Humanos e Cidadania, João Corujinha.  

Participaram da cerimônia a diretora da Assistência Social de João Pessoa, Benicleide Silvestre; a coordenadora da Proteção Social Especial de Média Complexidade, Katiana Cavalcante; a gerente estadual do Sistema Educativo da Secretaria de Desenvolvimento Humano (Sedh), Adriana Alves; a coordenadora do Núcleo de Adolescentes em situação de conflito com a lei da Defensoria Pública, Berthezene da Cunha Lima; e alguns dos profissionais da Sedhuc.  

Berthezene da Cunha, representante da Defensoria Pública, falou sobre o impacto positivo do projeto na vida desses jovens. “Vou sair daqui muito emocionada, porque cada adolescente e cada jovem que eu vejo sendo resgatado é uma vitória, como se fosse uma vitória minha. Causa-me uma felicidade muito grande ver um projeto tão bonito, ampliando as oportunidades na vida deles. E fiquei grata pela oportunidade de conhecer parte da equipe que atua nesse projeto”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *